Locais estratégicos recebem o reforço de 133 guardas municipais

0
31

Praças da região central, Rua XV de Novembro, Jardim Botânico e Parque Barigui são alguns dos locais que receberão mais guardas municipais para fazer a segurança. A partir desta quarta-feira (9/7), 133 novos profissionais da corporação começam o estágio supervisionado em locais públicos.

Com acompanhamento e supervisão de guardas mais experientes, os novos contratados pela Prefeitura terão os primeiros contatos com o trabalho prático nas ruas.

Eles também vão fazer patrulhamento preventivo e orientar a população nos arredores do Mercado Municipal, da Rodoferroviária e do Terminal Guadalupe.

O início do estágio supervisionado desta que é a 27ª turma de guardas municipais foi autorizado pelo prefeito Rafael Greca, na tarde desta terça-feira (9/7). “Recomendei aos novos guardas que vejam este uniforme como sagrado, porque sagrada para nós é a cidade”, afirmou o prefeito.

Além do reforço na região central, cerca de 60 guardas que já trabalham na corporação serão deslocados para os núcleos regionais, para reforçar o efetivo nos bairros.

Compromisso assumido

Durante a solenidade, o prefeito destacou o diálogo constante que manteve com aprovados no concurso público para a Guarda Municipal, realizado em 2015.

“Aqui ao meu lado o Clodoaldo Machado e o Wagner Correia, dois piás que com os dedos no Facebook me provocavam para chamar os guardas aprovados no concurso”, contou Greca.

“Não calculo a alegria deles. Um deles fez até selfie com o uniforme”, acrescentou o prefeito, falando do entusiasmo dos novos profissionais que agora passam a servir a cidade.

“Tínhamos receio de que o concurso prescrevesse e não houvesse tempo para o chamamento”, compartilhou o agora guarda municipal Wagner Correia.

Etapas da formação

Com 132 horas, o estágio nas ruas é a última fase do curso de formação, que totaliza 636 horas-aula. Antes dessa fase, os alunos passaram por instruções específicas sobre a função de guarda municipal, armamento e técnicas de tiro, legislação e identificação de drogas, condicionamento físico e defesa pessoal.

A parte técnica incluiu métodos de abordagem, patrulhamento, postura e disciplina, assim como o correto isolamento de local de crime. Toda a organização do curso é feita pelo Centro de Formação e Desenvolvimento Profissional da GM.

Reposição do efetivo

Os 133 guardas se somam a outros 60 formados em 2018. Mais 200 aprovados em concurso público devem ser chamados para fazer o curso de formação no segundo semestre.

Participaram o secretário municipal da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel; o diretor da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso; o superintendente da Defesa Social, Carlos Celso dos Santos Júnior; a superintendente de Trânsito, Rosangela Battistella; a superintendente da Secretaria de Recursos Humanos, Luciana Varassin; a inspetora responsável pela Academia da Guarda Municipal, Sonia Valci; os vereadores Tico Kuzma e Beto Moraes; e os administradores regionais Raphael Keiji (CIC), Gerson Gunha (Portão/Fazendinha) e Renaldo Boaron (Pinheirinho).

DEIXE UMA RESPOSTA