Curitibanos inovam e criam coworking de marcenaria e luteria

0
25

O entra e sai de instrumentos musicais sugere que a casa ao lado do cemitério municipal seja um bar ou mais um ponto cultural do bairro São Francisco. E não deixa de ser. A Oficina São Francisco é um dos 51 coworkings particulares da cidade e o primeiro de marcenaria e luteria – arte de construir e reformar instrumentos musicais – de que se tem notícia no Brasil. 

Os empreendedores que criaram a oficina vão apresentar a trajetória e dicas de marcenaria e luteria nesta quarta-feira (24/10), às 15h, no Worktiba Barigui.

A Oficina São Francisco surgiu quando os amigos Ricardo Corso e Fernando Rodrigues, recém-formados luthiers, observaram um nicho de mercado pouco explorado na cidade. “Assim que nos formamos na UFPR, juntamos amigos e fizemos um espaço coletivo, o que chamou a atenção de outras pessoas, que vieram nos procurar para trabalhar junto. Aí surgiu a ideia de profissionalizar e se transformar em coworking aberto a todos que queiram trabalhar com madeira e derivados”, comenta Ricardo.

A então oficina dos amigos já transformada em coworking foi aberta em 2016 na Rua São Francisco, no Centro, e batizada   informalmente de Oficina São Francisco. O nome foi mantido mesmo após a mudança de endereço para uma casa maior, ao lado de Cemitério Municipal. O coworking tem capacidade para comportar oito estações de trabalho e cabines especiais de pintura e cortes.

Aliado ao aluguel das estações de trabalho, vieram cursos específicos, que trazem gente de todo o Brasil para Curitiba. “Nos surpreendemos com alguns cursos que realizamos aqui. O de marcenaria sem prego, só por encaixe, chama bastante gente, dos mais variados perfis, as turmas lotam logo quando anunciamos as datas”, comenta Fernando, enquanto serra os pés de uma banqueta com um serrote japonês, ferramenta milenar disponível para uso dos coworkers.

Antes trabalhando em casa, o músico e luthier Maurício Valle utiliza o coworking diariamente para realizar seu trabalho de restauro de instrumentos e criações. “Aqui temos uma boa estrutura, além de um ambiente calmo e profissional para as atividades”, diz.

Foi esse profissionalismo que fez o estudante Thiago Mercês da Silva levar o violão de estimação para o luthier Maurício. “Soube deste local pelo meu professor de música, fui tentar trocar uma corda em casa e não ficou bom, agora vou aproveitar para fazer uma revisão geral no violão”, conta.


Serviço: palestra Empreendedorismo Com Madeira e Luteria. O Coworking da Marcenaria e o Restauro de Instrumentos Musicais

Data: quarta-feira (24/10)

Horário: 15 horas

Local: Worktiba Barigui (Alameda Ecológica Burle Marx, s/n, Parque Barigui – ao lado do Salão de Atos)

Inscrições: por ordem de envio para o e-mail worktibabarigui@imap.curitiba.pr.gov.br. Enviar nome completo, RG, e-mail e telefone (aguardar retorno de confirmação)

Custo: gratuito

DEIXE UMA RESPOSTA