Raposa bate Fla em pleno Maraca e Timão perde no Chile

0
57

Colo-Colo bate Corinthians por um a zero

A quarta-feira de futebol nunca nos decepciona. E se a quarta em questão tiver Libertadores, Sul-Americana e de brinde um jogo do Brasileirão, aí não tem jeito. É emoção para deixar muito torcedor acordado madrugada a dentro.

Se teve uma torcida que demorou a dormir por conta da felicidade, essa é a torcida do Cruzeiro. O time Celeste viajou até o Rio de Janeiro para enfrentar o Flamengo pelas oitavas de final da Libertadores. Para um duelo entre duas das melhores equipes da atualidade um palco à altura, o Maracanã, com quase 46 mil torcedores presentes.

O jogo começou equilibrado, mas uma partida como essa, um detalhe pode ser crucial para o resultado. E na primeira chance que teve, a Raposa foi implacável. Em um lance surpreendentemente fácil, Robinho deixou o uruguaio Arrascaeta livre para finalizar com a maior tranquilidade e frieza possível. Um a zero para o Cruzeiro. A vantagem tão cedo deu tranquilidade ao time de Mano Menezes, que com uma marcação encaixada, pouco sofria. Mas o Flamengo lutava, e ia em busca do placar igual, mas não conseguia balançar as redes e assim terminou a primeira etapa.

Arrascaeta abriu o placar para a vitória do Cruzeiro diante do Flamengo

Já no segundo tempo, a pressão do Rubro Negro era enorme, mas a tranquilidade da marcação e as boas defesas do goleiro Fábio mantinham o placar inalterável. O time celeste esperava os contra ataques enquanto a cada volta no relógio o Fla demonstrava mais nervosismo para criar e finalizar suas ações ofensivas. Aos 34 do segundo tempo, o golpe fatal. Após chute forte de Lucas Silva na entrada da área, Thiago Neves desviou e deu números finais a partida. Flamengo zero, Cruzeiro dois. Com o ótimo resultado, o time Celeste pode perder por até um gol de diferença que, ainda assim, avança para as quartas. Já o Mengão precisará vencer por três gols de diferença para confirmar a classificação.

Viagem inconveniente. O Corinthians foi ao Chile para enfrentar o Colo-Colo e volta com a sensação de viagem frustrada. Isso porque os donos da casa venceram a partida por um a zero, gol de Carmona. E ficou barato para o Timão, porque o goleiro Cássio fez uma atuação monstruosa e evitou que o placar fosse mais elástico para os donos da casa. Em um jogo com muita catimba e confusões, o volante Gabriel acabou expulso e já é desfalque certo para o jogo da volta. Se quiser permanecer na competição, o Timão terá que vencer por dois gols de diferença.

Classificação confirmada. Pela Sul-Americana, o Cerro do Uruguai empatou com o Bahia. O tricolor de aço tinha a vantagem da vitória na primeira partida e garantiu a vaga na próxima fase da competição.

Em rodada adiantada pelo Brasileirão, o Ceará pegou o Santos no Presidente Vargas em duelo direto na parte de baixo da tabela. Apesar da pressão soberana por quase toda o jogo por parte do Vozão, o time da casa deixou a vitória escapar. Arthur abriu o placar para o time da casa, mas Jean Motta empatou para o Peixe no final. Um a um. O resultado deixa o Ceará em 18º, já o Santos sai temporariamente da Zona do Rebaixamento, subindo para a 15ª posição.

E a bola não para nesta quinta não, meu consagrado. Tem mais Liberta com time brasileiro em campo. O Cerro Porteño, do Paraguai, recebe em casa o Palmeiras para o jogo de ida das oitavas. A bola rola a partir das nove e quarenta e cinco da noite, horário de Brasília. Quem também tem compromisso continental é o Vasco, mas com uma tarefa bem mais difícil. Depois de perder o primeiro jogo para a LDU por três a um, o Gigante da Colina precisa vencer por dois gols de diferença em São Januário para se manter vivo no torneio. O jogo está marcado para as sete e meia da noite, horário de Brasília.

Reportagem, Raphael Costa

DEIXE UMA RESPOSTA