Vale do Pinhão comemora um ano e leva inovação para toda Curitiba

0
62
Vale do Pinhão comemora um ano e leva inovação para toda Curitiba. Na imagem, stand da prefeitura de Curitiba no Smart City Expo. Curitiba,28/02/2018. Foto: Luiz Costa/SMCS

Uma revolução silenciosa ocorre em Curitiba desde março do ano passado. A cidade, que é exemplo internacional em planejamento urbano e qualidade de vida, também está se tornando referência em inovação com o Vale do Pinhão, o ecossistema idealizado pelo prefeito Rafael Greca para apoiar o desenvolvimento de tecnologias e soluções que mudam o dia a dia na cidade.

Formada por empreendedores, startups, poder público, universidades, instituições, empresas e movimentos culturais e criativos, a rede completa um ano nesta sexta-feira (23/3) e está cumprindo a missão de conectar todo o ecossistema de inovação para a criação de empresas, a revitalização de regiões com emprego e renda, a educação voltada à cultura da inovação e a melhoria da gestão pública.

“O nosso Vale do Pinhão é a representação de todo o ecossistema de inovação de Curitiba, que tem o desafio de ajudar a desenvolver economicamente a capital e, ao mesmo tempo, aumentar a qualidade de vida da população ao gerar eficiência em serviços”, destaca Greca.

O prefeito lembra que as smart cities ou cidades inteligentes são aquelas que conseguem mobilizar todo o ambiente de inovação para promover a chamada “revolução cotidiana”, aquela que muda o dia a dia das pessoas e que também ajuda a rever a dinâmica e o planejamento das cidades, tornando-as ainda mais inteligentes e justas.

Agenda ativa

Desde o ano passado, várias ações conjuntas são desenvolvidas pela Prefeitura, empreendedores e demais instituições que fazem parte do Vale do Pinhão. O Engenho da Inovação, no bairro Rebouças, é o principal espaço de fomento do ecossistema. No local, desenvolve-se uma agenda ativa que incentiva o networking e a qualificação profissional de novas empresas de tecnologia e voltadas à economia criativa.

No ano passado, foram mais de 50 eventos, como palestras, debates, feiras, workshops, experimentações de novas tecnologias e conferências internacionais. “A maior parte da programação foi feita por integrantes do ecossistema”, conta Frederico Lacerda, presidente da Agência Curitiba, órgão ligado à Prefeitura responsável por fomentar o Vale do Pinhão.

Curitiba também busca criar um ambiente que incentiva o empreendedorismo de impacto. Nessa linha, nasceu o Worktiba Barigui, primeiro coworking público do país. O espaço, administrado pelo Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), oferece 35 estações conectadas à internet de fibra ótica e dez computadores que estão a disposição das startups selecionadas. O segundo espaço colaborativo Worktiba já está sendo finalizado no bairro São Francisco e a terceira unidade está em fase de planejamento.

Todas essas iniciativas começam a gerar resultados. Curitiba ficou no segundo lugar geral da edição de 2017 do ranking Connected Smart Cities, que avalia as cidades mais inteligentes do Brasil. Além disso, nos dias 28 de fevereiro e 1º de março deste ano, a capital sediou a primeira edição brasileira do Smart City Expo, o maior evento de cidades inteligentes do mundo. Cerca de 8 mil pessoas participaram do evento.

No começo deste mês, o Vale do Pinhão promoveu seu primeiro evento conjunto: o Movimenta Curitiba. O festival recebeu cerca de 3 mil visitantes em busca de oportunidades de negócios na área de inovação.

Saúde e educação

Todo esse ambiente de inovação é propício à implementação de novas ideias, que estão se espalhando por toda Curitiba. Afinal, o Vale do Pinhão não se limita a uma região. O ecossistema está nos Faróis do Saber e Inovação, nas salas de aula com o Google for Education, nos Worktibas e no fim das filas dos postos de saúde com o aplicativo Saúde Já Curitiba.

“A inovação só vale quando vem acompanhada de processo social, garantindo à população maior acesso à educação, à saúde, ao emprego e à dignidade”, ressalta o prefeito Rafael Greca.

Na área da saúde, a capital saiu na frente com o aplicativo Saúde Já, que reduziu as filas para o pré-atendimento médico nas unidades de saúde do município. Lançado em março de 2017, o app permite o agendamento do primeiro atendimento nas 111 unidades de saúde do município, de uma forma simples e rápida. Até agora, o aplicativo já soma 88 mil downloads.

A Prefeitura desenvolve ainda uma série de ações inovadoras voltadas a preparar cada vez melhor o ensino municipal para os desafios do século 21. Os Faróis do Saber estão recebendo um upgrade e se tornando Faróis da Inovação. No local, as crianças podem construir seus próprios protótipos usando impressora 3D e desenvolver o conhecimento científico.

Além disso, educadores da rede municipal têm novos recursos para ampliar seus horizontes e de seus estudantes, como o Google for Education.

Saiba mais sobre o Vale do Pinhão e como Curitiba está incrementando o setor de inovação no link.

 

** Com Prefeitura Municipal de Curitiba

DEIXE UMA RESPOSTA