Circuito Na Trilha do Sagrado tem inscrições abertas até quarta-feira

0
63
Na Trilha do Sagrado recebe inscrições até quarta-feira. Curitiba, 26/05/2017 Foto:Levy Ferreira/SMCS (arquivo)

Vai até quarta-feira (29/11) o prazo para inscrição na sétima e última atividade aberta à comunidade do projeto Na Trilha do Sagrado de 2017, que será realizada no próximo sábado (02/12). A atividade é promovida pela Secretaria Municipal da Educação.

Os interessados em percorrer o circuito formado por monumentos do Centro Histórico representativos das diferentes religiões praticadas em Curitiba devem se inscrever pelo e-mail ensinoreligioso@edu.curitiba.gov.br. Além do nome, devem informar data de nascimento e cidade de origem. A inscrição é grátis.

O percurso a pé começa às 9 horas e dura no máximo 2h30. O ponto de encontro é na escadaria da Catedral Basílica Menor, na Praça Tiradentes. De lá, o grupo passará pelas árvores sagradas para as religiões de matriz africana e pela escultura do Cacique Tindiquera, representando a cultura indígena e seu modo de viver a religiosidade. A seguir, os participantes apreciarão exemplares arquitetônicos das religiões católica, protestante, hindu e muçulmana.

Durante o trajeto, a professora de História e mediadora Karin Willms contextualiza o público sobre aspectos históricos e artísticos de cada religião e seu respectivo edifício sagrado.  Como o percurso é feito a pé, os participantes devem usar calçados confortáveis, chapéus ou bonés e levar garrafas com água.

Da sala de aula para as ruas – Originada de uma prática pedagógica desenvolvida para estimular o respeito à diversidade entre estudantes da rede municipal de ensino e que saiu da sala de aula, Na Trilha do Sagrado tem reunido cerca de 60 pessoas em cada percurso.

“É interessante observar o interesse das pessoas sobre as religiões diferentes das suas e sobre as quais tinham informações vagas ou negativas. Elas querem se informar, conhecer”, diz Karin.

Há cerca de dez dias, a educadora apresentou o projeto no simpósio promovido pela Associação Brasileira de História das Religiões, em Florianópolis (SC). Segundo ela, representantes de outras cidades manifestaram interesse em adotar a prática.

 ** Com Prefeitura Municipal de Curitiba

DEIXE UMA RESPOSTA